Museu Marie Curie: história e memória cientίfica

Em novembro de 1891, Maria Sklodowska deixa a Polônia natal como governanta para realizar o sonho de estudar na Sorbonne, em Paris, longe de imaginar o importante legado que deixaria para o mundo, como Marie Curie.

Aos 24 anos, a brilhante estudante ingressa na Sorbonne para seguir seus estudos em Fίsica e Matemática. Em 1894, ela já se destaca como a melhor do ano na Sorbonne. Um ano mais tarde Maria Sklodowska casa-se com o francês Pierre Curie, outro apaixonado por ciências. O casal se une por um sό objetivo, o de se dedicar exaustivamente à pesquisa cientίfica.

Primeira mulher doutora em ciências, em 1894, Marie Curie conquistou em 1903, o prêmio Nobel feminino de Fίsica, ao lado de seu marido e de Henri Becquerel. A cientista recebe o prêmio Nobel por duas vezes, pois em 1911, receberá  igualmente, o prêmio Nobel de Quίmica – primeira mulher a lecionar na Sorbonne, em 1906, primeira mulher a integrar a Academia nacional de medicina, em 1922, na época, a única mulher enterrada no Panteão de Paris, por seus méritos, em 1995. A cientista Marie Curie foi uma mulher pioneira.

Primeira mulher doutora em ciências e primeiro prêmio Nobel feminino.

Pierre e Marie Curie a serviço da ciência

Em 1898, o casal descobre três elementos quίmicos fundamentais: o rádio, o polonio e o tório – e conseguiu desenvolver técnicas essenciais para isolar isótopos radioativos. Dessa descoberta nasce a teoria da relatividade, que leva aos processos de radioterapia e radiografia, essenciais para o tratamento de muitos doentes oncológicos.

Marie Curie perdera seu grande companheiro na vida e na carreira cientίfica, em 1906, quando Pierre Curie morre de um trágico atropelamento no coração de Paris. Mãe de duas filhas, Marie Curie continua trabalhando incansavelmente em prol da ciência e assume sua batalha contra o câncer, dirigindo uma equipe de fίsicos e quίmicos, no comando do Instituto do radium, que une pesquisa cientίfica e tratamento.

Por ironia do destino, a cientista acabou por morrer de leucemia devido à constante exposição à radioatividade: em grande parte durante a preparação de medicamentos para tratar militares feridos e a montagem de unidades móveis de raio-x, ao longo da Primeira Guerra Mundial.

Marie Curie morre aos 66 anos, em 4 de julho de 1934, depois de vinte anos dedicados a seu laboratόrio.

Um museu para a ciência

O Museu Curie fica no antigo local onde funcionou o Instituto do radium, perto do Panteão de Paris. O museu dispõe de inúmeros arquivos manuscritos, fotografias e vίdeos retratando o trabalho da célebre cientista, primeira diretora do loboratόrio. No museu também foram conservados o gabinete e o laboratόrio pessoal de quίmica de Marie Curie, reconstituίdos como na época. Uma visita gratuita e emocionante nos passos dessa grande mulher dona de dois prêmios Nobel.

Marie Curie cientista Nobel

Museu cientifico em Paris

O laboratorio de Marie Curie em Paris

Musée Marie Curie

1, rue Pierre-et-Marie-Curie 75005 Paris

MUSEUS DE PARIS : DIRETO DA CAPITAL FRANCESA

Os museus de Paris conservam coleções das mais antigas e relevantes do mundo, que cobrem todo o período da história da arte, da pré-história à arte contemporânea. Uma verdadeira fonte de conhecimento sobre a evolução das civilizações através das artes.

Acesse nosso perfil @museusdeparis no Instagram, catálogo digital com informações e curiosidades sobre os mais diversos museus da capital francesa, dos mais secretos aos mais famosos.

Paris conta com mais de duzentos museus. Conheça detalhes de alguns deles em nosso perfil  @museusdeparis.

Não fique desconectado em Paris! Consulte os planos disponíveis de telefonia e internet internacional.

Post escrito por:
Edis Lima

Edis Lima

Guia Cultural e Life Coach credenciada na França. Fundadora e Diretora da Bem in Paris, apaixonada por compartilhar sobre arte e cultura francesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe no seu perfil:
Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress