Yves Saint Laurent 1971 – A coleção polêmica.

A data de 29 de janeiro de 1971, é uma das mais emblemáticas na carreira de Yves Saint Laurent. Esta data marcou a apresentação se sua coleção “Liberação”, também chamada de “Quarenta”, inspirada na moda dos anos 40, marcados pela 2a Guerra Mundial. Vestidos curtos, solados plataforma, ombros quadrados, maquiagem forte : todos ficaram chocados com essas referências que lembravam o estilo em Paris durante a Ocupação alemã. Apesar das virulentas críticas da imprensa, a coleção ganhou as ruas rapidamente.

O desfile aconteceu no primeiro endereço da maison, na rue Spontini. Uma parte dos 180 convidados presentes no desfile; clientes, compradores e jornalistas, vindos do mundo inteiro, não dissimulou sua aversão e demonstrou horror diante da coleção, julgada repugnante.

A coleção de 1971 representa no entanto uma ruptura na trajetória de Yves Saint Laurent. Segundo o comissário da exposição, Olivier Saillard: “esta coleção é o manifesto de um costureiro que estima ser um artista explorador de ambiguidades e, que tem uma abordagem nova do historicismo no processo de criação”. Com esta coleção, Yves Saint Laurent também introduziu a tendência do vintage na moda, que ainda hoje domina a indústria da roupa, seja ela de luxo, ou não.

©Fondation Pierre Bergé – Yves Saint Laurent

A Fondation Pierre Bergé conserva os modelos mais importantes das coleções de Yves Saint Laurent bem como, desenhos e croquis. Hoje a Fundação conta com mais de 15 000 acessórios, desenhos e objetos diversos. Ela retrata quarenta anos de criação de Saint Laurent, que acompanhou a emancipação da mulher em todas as áreas, privadas, sociais, políticas e marcou de forma imprescindível a moda do século XX.

Até 19 de julho de 2015
Fondation Pierre Bergé
Yves Saint Laurent 1971, la collection du scandale
Espaço Exposição e Livraria
3 rue Léonce Reynaud, Paris 16ème
Tel. +33 (0)1 44 31 64 31

E mais!

Balenciaga: exposição de moda no Museu Bourdelle – Leia aqui

Paris conta com mais de duzentos museus. Conheça detalhes de alguns deles em nosso perfil  @museusdeparis.

Não fique desconectado em Paris! Consulte os planos disponíveis de telefonia e internet internacional.

Post escrito por:
Edis Lima

Edis Lima

Guia Cultural e Life Coach credenciada na França. Fundadora e Diretora da Bem in Paris, apaixonada por compartilhar sobre arte e cultura francesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe no seu perfil:
Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress