Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Balenciaga: exposição de moda no Museu Bourdelle

O Museu Bourdelle

Escultor francês, Antoine Bourdelle (1861-1929) instalou seu atelier e residência numa rua tranquila do bairro de Montparnasse, a partir de 1885, lugar de moradia de predileção de artistas da época.

Colaborador de Rodin, Bourdelle conduziu sua carreira inspirado no grande mestre da escultura e como Rodin, também quis transformar seu atelier em museu. O museu Bourdelle abriga uma coleção extraordinária de bronzes, gessos e mármores de Bourdelle, fotografias, desenhos e documentos de arquivo.

Algumas esculturas de Bourdelle estão expostas nos jardins do museu

Cristobal Balenciaga celebrado no museu Bourdelle

O museu-atelier traduz a atmosfera em que vivia e trabalhava o artista e o ambiente permeado de estátuas monumentais em mármore branco e bronzes de Bourdelle serve de vitrine ideal para destacar a pureza dos vestidos pretos de Balenciaga. A cor preta é o fio condutor da exposição “Balenciaga : l’ouvre au noir”, organizada pelo Palais Galliera, museu da moda de Paris.

Nascido em uma pequena localidade no País Basco, Cristóbal Balenciaga começou a trabalhar como aprendiz de alfaiate, aos doze anos de idade. Com a Guerra Civil Espanhola (1936-1939) Balenciaga foi obrigado a fechar suas lojas e veio para Paris, onde abriu uma loja na Avenue George V , em agosto de 1937.

Na França, Balenciaga se tornou um estilista original e reconhecido. Em 1951, ele transformou totalmente a silhueta, alargou os ombros e removeu a cintura de suas criações. Em 1955, desenhou o vestido de túnica, que, mais tarde, virou o vestido chemise de 1957. Em 1959, seu trabalho tornou-se um império, com vestidos de cintura alta e casacos cortados como quimonos. Tais criações são consideradas obras-primas da alta costura das décadas de 1950 e 1960.

A exposição destaca criações de Balenciaga na cor preta – sua cor predileta. Os modelos são tão originais e incrίveis que dão a impressão de que o preto é diluίdo em vários tons, sem falar no trabalho espetacular em bordados e pérolas, realçados em tecidos como o veludo e o cetim, além da renda.

Certamente, uma das mais incrίveis exposições de moda das últimas temporadas. Bela experiência apreciar as criações magistrais de Balenciaga e descobrir a extraordinária escultura de Bourdelle.

A exposição “Balenciaga : l’ouvre au noir”, no museu Bourdelle, vai até 16 de julho de 2017.

Museu Bourdelle – 16, rue Antoine Bourdelle, 75015
Metrô: Montparnasse – Bienvenue
Aberto das 10h às 18h, de terça a domingo,

Como museu municipal, a coleção permanente tem entrada gratuita e o museu é fechado às segundas-feiras e feriados.

PASSEIOS PERSONALIZADOS EM PARIS

A BEM in Paris oferece passeios personalizados em Paris, explorando o melhor da cultura francesa com passeios culturais planejados e realizados por Guias Culturais experientes e conhecedores do estilo de vida parisiense. Exposições temporárias podem ser incluídas nos roteiros. Entre em contato para passeios privativos ou passeios em pequenos grupos, pelo E-mail : contato@beminparis.com

Paris conta com mais de duzentos museus. Conheça detalhes de alguns deles em nosso perfil  @museusdeparis.

Não fique desconectado na Europa! Consulte os planos disponíveis de telefonia e internet internacional.

Post escrito por:
Picture of Edis Lima

Edis Lima

Guia Cultural e Life Coach credenciada na França. Fundadora e Diretora da Bem in Paris, apaixonada por compartilhar sobre arte e cultura francesa.
Compartilhe no seu perfil:
Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress